Programa Amorim Escolha Natural Sustentável por Natureza
Home | Stakeholders | Eficiência Energética e Aquecimento Global | Abordagem de Gestão

Abordagem de Gestão

Política Ambiental

Para gerir os aspectos ambientais da sua actividade, a CORTICEIRA AMORIM formalizou uma Política Ambiental, onde assume a responsabilidade de:

  • Actuar pro-activamente identificando, avaliando e tomando as medidas preventivas e correctivas adequadas à minimização dos impactes ambientais específicos da sua actividade, recorrendo, sempre que viável, às melhores tecnologias disponíveis;
  • Promover acções de sensibilização e de formação ambiental;
  • Actuar pro-activamente na discussão de políticas e na proposta de medidas para a protecção do sobreiro, a preservação do montado, a promoção do sector da cortiça, a certificação de sistemas de gestão florestal e a remuneração dos serviços ambientais do montado.

Para concretizar os compromissos assumidos na Política Ambiental, as diversas Unidades de Negócio (UN) da CORTICEIRA AMORIM têm adoptado certificações em diferentes sistemas de gestão (ver quadro).

 

Combate ao Aquecimento Global

A cortiça e o ecossistema do montado desempenham um papel importante na fixação do carbono e, consequentemente, no combate ao aquecimento global. Segundo dados do último inventário florestal nacional, de 2010, os sobreiros são responsáveis pelo armazenamento de 64 milhões de toneladas de CO2 em Portugal.

A liderança mundial da CORTICEIRA AMORIM no sector da cortiça traduz-se numa responsabilização pela viabilização deste ecossistema que promove o combate ao aquecimento global. O contributo da empresa nesta matéria passa pelas seguintes linhas de orientação:

  • Aumento do conhecimento sobre impacto ambiental dos produtos de cortiça e do ecossistema que estes viabilizam;
  • Afirmação de soluções de cortiça e desenvolvimento do montado, enquanto garantes do ecossistema;
  • Dinamização de acções de sensibilização internas e externas;
  • Melhoria contínua do desempenho da CORTICEIRA AMORIM em matéria de eficiência energética, com a consequente redução em matéria de emissões de gases com efeito de estufa.