Programa Amorim Escolha Natural Sustentável por Natureza
Home | Stakeholders | Certificação Florestal | Abordagem de Gestão

Abordagem de Gestão

Política Ambiental

Para gerir os aspectos ambientais da sua actividade, a CORTICEIRA AMORIM formalizou uma Política Ambiental, onde assume a responsabilidade de:

  • Actuar pro-activamente identificando, avaliando e tomando as medidas preventivas e correctivas adequadas à minimização dos impactes ambientais específicos da sua actividade, recorrendo, sempre que viável, às melhores tecnologias disponíveis;
  • Promover acções de sensibilização e de formação ambiental;
  • Actuar pro-activamente na discussão de políticas e na proposta de medidas para a protecção do sobreiro, a preservação do montado, a promoção do sector da cortiça, a certificação de sistemas de gestão florestal e a remuneração dos serviços ambientais do montado.

Para concretizar os compromissos assumidos na Política Ambiental, as diversas Unidades de Negócios (UN) da CORTICEIRA AMORIM têm adoptado certificações em diferentes sistemas de gestão (ver quadro).

Certificação de Sistemas de gestão florestal sustentável pelo FSC

Tendo como base da sua actividade - a transformação de cortiça -, a CORTICEIRA AMORIM reconhece a gestão sustentável das florestas de sobreiro como uma prioridade estratégica. Nesse âmbito tem:

  • Dinamizado a certificação FSC, com a sensibilização de produtores florestais para a utilidade destes princípios e critérios para uma gestão florestal responsável, tendo sido, simultaneamente, pioneira na obtenção dos primeiros certificados FSC de cadeia de custódia na indústria da cortiça;
  • Sensibilizado proprietários florestais para a conservação dos montados de sobro e para a adopção de boas práticas que melhorem os serviços fundamentais que os ecossistemas prestam a toda a população, seja ao nível da retenção de carbono, formação de solo, regulação do ciclo da água ou protecção da biodiversidade, estimulando as boas práticas de gestão florestal;
  • Aderido a plataformas que visam incentivar o consumo responsável de produtos florestais e travar a degradação de florestas de todo o mundo, tal como a World Wildlife Fund (WWF).